domingo, 2 de fevereiro de 2014

Enigma...

Tenho vontade de chorar. As lágrimas que ontem senti desprenderem-se acabaram por secar rapidamente pelo aconchego do desespero. Se unto os lábios com a verdade sinto transformá-los em gelo. Queria alcançar uma suavidade que ainda não atingi. Talvez me sinta imatura para aceitar as verdades que a vida me ensina pela experiência inesperada da violência. Se arde uma loucura cá dentro é porque a alimento e intrinsecamente me pertence. Se te pudesse obedecer mais e sentir-te pulsar cá dentro de certo me sentiria muito mais feliz. Será que existe felicidade perpétua? Será que nasci para a prender que nem tudo flui como se quer? Será que consigo apagar do meu rasto essa obrigatoriedade de agradar... Será que me arrependo de ter chegado até aqui assim? E porque se ligam à luz e chamam desesperadamente pelas trevas? Porque envolvem os outros? Existe uma lei de reciprocidade que abala e emerge quando chega a hora... Será que voçes sabem isso quando emanam essa raiva cruel para a direcção que escolheram??? Cuidado... Existe um elo muito forte que nos protege e nos guia...
Sinto-me arrastar e vou cair nos teus braços... Cerimonial de LUZ...


1 comentário: