segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Estórias (Inicio)

video

Saí um Fim-de-semana, em busca de novos conhecimentos ancestrais e experiências. Como sempre tenho um grande interesse pelos monumentos românicos e góticos. Acabei por ficar no românico. Gosto de sentir a pedra, olhar o trabalho com o coração, encostar-me aos sinais que o tempo deixou permanecer.

As minhas histórias não são aquelas que estão nos livros escolares, as minhas histórias são histórias vividas com a permanência da sabedoria de autores menos conhecidos, ou menos falados. Ainda bem antes que destruam o pouco que resta energeticamente!

Vi autênticos atentados aos templos, mas mesmo assim nota-se a energia telúrica que o tempo não esqueceu.

Pedras trocadas, altares desviados, caminhos cortados, pedras roubadas, um misto de falta de sensibilidade e cultura.

Voluntários com chaves enormes e enferrujadas pelo tempo… voluntários que nos contam algumas marcas, mas não aprofundam, porque nunca precisaram.

3 comentários:

  1. Engraçado Lurdes, também eu tenho fascinio pelo gótico de primeira geração com aquele ambiente austero e pé direito enorme e, mais tarde com o gótico tardio, em que o nosso Estilo Manuelino consegue mais uma vez apaixonar, desta vez com os motivos naturalistas muito bem conseguidos...
    E o filme está muito bem conseguido e com uma banda sonora.........
    Um dia tenho de aprender a ser realizador...hehehehehh
    Beijinho
    Boas férias.

    ResponderEliminar
  2. Ah....esqueci-me.
    Senti que tinha de ser hoje que me iria tornar seguidor do seu Blog...
    Mais um abraço e beijinho.

    ResponderEliminar
  3. Obrigada Pedro pelas suas palavras.
    Agradeço-lhe imenso ter-se tornado seguidor. Darmos a nossa opinião, visitarmos os cantinhos uns dos outros, é tão lindo... Que só tenho que agradecer.
    Claro que vai ser realizador e com as suas fotos, que são tão bonitas, só posso dizer que estou à espera.
    Um grande abraço e um beijo

    ResponderEliminar