terça-feira, 28 de agosto de 2012

A vontade da natureza...




A Natureza prolonga-se além de tudo
Manifesta-se voluntariamente
Humildemente aceitamos a sua grandeza
Se lhe fazemos frente
Caímos no ridículo
A natureza é a natureza
O Universo é o universo
Nós somos pequenos seres que viemos aqui
Porque alguém nos criou
Formou
Quisemos vir assim
Respeitar a grandiosidade do céu
Das montanhas
Da vida
Trás-nos a verdade
A realidade da loucura
Com que viemos
Sem sermos certinhos
Somos pedaços de imaginação
Como furacões mudamo-nos internamente
Sentimos a luz do sol
O calor da vida
A leveza da mudança
Tanto somos crianças velozes
Como nos falta o impulso para caminhar
Arrastamo-nos ao sabor dos outros
Devia ser ao sabor dos sinais
Ao sabor das ordens reais
A realidade não é como a vejo
Como a invento
É como a vivêncio
A sinto internamente
Cada emoção é um rasgo do que sou
Fujo dela tantas vezes
Porque este meu eguinho é um controlador
Que ao ser controlado se revolta
Deixando-me de novo a controlar
O Universo
A sua força
A sua natureza
Tão subtil
Tão doce
Que para viver
Basta apenas abrir o peito e sentir
Permitir-se sentir
Rumo a favor da natureza
Da natureza que sou
A essência que habita aqui...
Em mim...

1 comentário:

  1. Lindo...muito expressivo e tocante.
    Adorei! <3

    ResponderEliminar